Um Voo Cego A Nada...

" Ter-se nascido ou vivido em Moçambique é uma doenca incurável, uma virose latente. Mesmo para os que se sentem genuínamente portugueses mascara-se a doenca, ignora-se, ou recalca-se e acreditamo-nos curados e imunizados. A mínima exposição a determinadas circunstâncias desencadeia, porém, inevitáveis recorrências e acabamos por arder na altíssima febre de uma recidiva sem regresso nem apelo". Rui Knopfli

terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Esperança



Esperança:
isto de sonhar bom para diante
eu fi-lo perfeitamente,
Para diante de tudo foi bom
bom de verdade
bem feito de sonho
podia segui-lo como realidade

Esperança:
isto de sonhar bom para diante
eu sei-o de cor.
Até reparo que tenho só esperança
nada mais do que esperança
pura esperança
esperança verdadeira
que engana
e promete
e só promete.

Esperança:
pobre mãe louca
que quer pôr o filho morto de pé?

Esperança
única que eu tenho
não me deixes sem nada
promete
engana
engano que seja
engana
não me deixes sozinho
esperança.


Almada Negreiros


(A todos um Bom Ano)




Etiquetas: ,

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Obrigada e um Bom Ano também para o autor do blog uhuh!!!!
Poema lindissimo.
Que força nos fará caminhar quando perdermos a Esperança?
Começa muito bem este ano de 2008. Continua e Parabéns
MD

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008 às 23:02:00 WET  
Blogger Carlos Gil said...

Obrigado e Bom Ano também para ti. ando com alguma dificuldade no acesso à net (as desculpas que um gajo arranja...) e por isso ainda nem agradeci nem respondi. mas entendes, acredito. pois quem tem tanta poesia para relatar, música para sonhar, entende sempre, entende mesmo o que não se pode contar.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008 às 21:51:00 WET  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home